90 Anos, 90 Palavras (10)

Bondade

Dizia uma personagem de José Saramago que “dentro de nós há uma coisa que não tem nome, essa coisa é o que somos”… Poderia ser a vontade, ou a alma, ou a sensibilidade. Ou o coração. Sei quanto manda o coração porque mo operaram duas vezes. E sei que o coração de José Saramago me acompanhou na última operação, quande me levaram duas vezes seguidas para o bloco operatório e ele dizia que a família ia ter um enfarte coletivo… Então descobri, quando me contaram a confusão que se armou em volta do meu coração, que o que temos dentro é bondade. Além de notícias, informação, trabalho, temos bondade: José Saramago reclamava-a para si e para todos: creio que chegou a hora de lhe fazer esta oferta: junto com as nossas palavras e coração, bondade.

 

Luis del Río

Arquiteto
Isla de la Palma
Canárias

Espanha

Pin It on Pinterest

Share This