90 Anos, 90 Palavras (3)

Interromper

Saramago escreveu para interromper: para interromper um tempo, uma forma política de lidar com os homens, um modo de olhar (e não ver) o semelhante, um paradigma. Interromper, em Saramago, é assim sinónimo de desassossegar, de provocar a reflexão, de desinquietar, de conduzir à ação. Interromper conteúdos vazios e formas canonizadas. Interromper suspendendo um tempo para dele extrair lições. Interromper e interrogar, interrogar sempre, fazer da vida um percurso pleno de pontos de interrogação, porque só aquele que questiona, que se questiona, tem a possibilidade de trazer algo de novo, algo de verdadeiramente original. Algo, afinal, que perdura e nos suscita outras tantas interrogações.

Maria de Fátima Faria Roque
(recebido por correio eletrónico)

Pin It on Pinterest

Share This