90 anos, 90 Palavras (46)

Luz

Saramago banha de luz todos os extremos da natureza humana. No Ensaio sobre a Cegueira faz-nos temê-la, por ser sinónimo da cegueira que nos leva à selvajaria e à crueldade. Mas a mim, neste momento, faz-me querer procurá-la. Porque também nos ensinou a bondade, o amor e a esperança que lança sobre as pessoas. 

Por que foi que cegámos, Não sei, talvez um dia se chegue a conhecer a razão, Queres que te diga o que penso, Diz, Penso que não cegámos, penso que estamos cegos, Cegos que vêem, Cegos que, vendo, não vêem.

 Alexandra Orgaz Camacho

Lab. Conducta Animal y Neurociencia

Universidade de Sevilha, Espanha

Via correio eletrónico

 

Pin It on Pinterest

Share This