Cartas à Fundação II

Querida Pilar del Río,

te envio uma fotografia que tirei na ocasião do lançamento de “O Homem Duplicado” em São Paulo, no ano de 2003. O fato curioso é que a fotografia foi feita com uma câmera antiga que pertenceu ao meu pai (Zeiss-Ikon, da década de 1960). Seu fotômetro já não funcionava na noite de lançamento do livro e eu não possuía “flash”. Havia apenas a minha intuição e, definitivamente mais importante, a luz do próprio José.

Abraços e Saudações,

Márcio Avelar

 

Pin It on Pinterest

Share This