Estreia de «Die Stadt der Blinden» [Ensaio sobre a Cegueira] na Ópera de Zurique

A Opernhaus Zürich apresentou a ópera “Die Stadt der Blinden”, baseada no romance «Ensaio sobre a cegueira» de José Saramago. O libreto é da autoria de Kerstin Maria Pöhler e a encenação de Zsolt Hamar. A música é do jovem maestro Anno Schreier que, após ter ganho um concurso de composição, escolheu «Ensaio sobre a Cegueira» como material para o seu trabalho. José Saramago cedeu os direitos desse romance a Anno Schreier, uma vez que já conhecia o seu trabalho e a qualidade do mesmo.
Acerca de «Ensaio sobre a Cegueira», Anno Schreier disse: «estamos a contar uma parábola sobre a coexistência de pessoas em condições extremas, a partir de um catástrofe inesperada – algo semelhante ao que muitas vezes ouvimos e lemos nos noticiários.» «Aqui, não é uma guerra, uma catástrofe natural ou um acidente nuclear o que ameaça as pessoas. Aqui, a catástrofe reside no próprio homem: na sua incapacidade de ver.» «Neste caos desconhecido, surgem todos os sentimentos humanos, comportamentos e traços de caráter, bons e maus, e são vistos à lupa. Pessoas normais, „como tu e eu“, podem tornar-se monstros, tal como as personagens operáticas – de heróis a tiranos, de seres desesperados a esperançosos e amantes. É isto que transpomos para o palco da Ópera: a humanidade, quando exposta a situações e sentimentos extremos, encontra, como forma de os libertar, a melhor expressão no canto, do que qualquer possibilidade que a palavra permita.»

 

(Créditos fotográficos da Opernhaus Zürich)

 

Mais informações aqui.

Pin It on Pinterest

Share This