Homenagem a Urbano Tavares Rodrigues na faculdade onde ensinou

Um depoimento inédito de Urbano Tavares Rodrigues, em vídeo, será apresentado na homenagem ao escritor que a revista “Textos e Pretextos” promove a 30 de maio, às 18h30, na Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa, onde foi professor catedrático até à jubilação, em 1993.

A sessão terá intervenções do secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, e da professora Helena Carvalhão Buescu.

A revista apresenta nessa ocasião a 16.ª edição, totalmente dedicada a Urbano, incluindo ensaios sobre a obra, uma entrevista ao escritor, uma cronologia, reproduções de manuscritos e datiloscritos, bibliografia selecionada e depoimentos de Nuno Júdice, Teolinda Gersão, Baptista-Bastos, Maria Graciete Besse, entre outros.

Urbano Tavares Rodrigues nasceu em Moura a 6 de dezembro de 1923 e licenciou-se em Filologia Românica na Faculdade de Letras de Lisboa. Proibido pelo regime salazarista de leccionar em Portugal, deu aulas nas universidades de Aix, Montpellier e Paris, em França. Ao mesmo tempo que se dedicava à escrita literária, foi jornalista, destacando-se o trabalho no extinto “Diário de Lisboa”. Só depois da Revolução de Abril de 1974 retomou a atividade letiva em Portugal, e doutorou-se em 1984 com uma tese sobre Teixeira Gomes. Jubilou-se como catedrático em 1993.

Amigo e companheiro de luta política de José Saramago, Urbano tem uma obra vastíssima, quer em ficção quer em ensaio. A Associação Portuguesa de Escritores atribuiu-lhe o Prémio Vida Literária, galardão entre muitos outros com que foi distinguido ao longo da carreira.

Pin It on Pinterest

Share This