“José e Pilar” em competição no festival de Palm Springs

O documentário “José e Pilar”, de Miguel Gonçalves Mendes, é candidato ao prémio de melhor filme estrangeiro no Festival Internacional de Cinema de Palm Springs, nos Estados Unidos, foi hoje anunciado.

De acordo com o site oficial do festival, o filme será exibido nos dias 08 e 10 de Janeiro, em sessões que contarão com a presença de Miguel Gonçalves Mendes e Pilar del Río.

“José e Pilar” é um documentário que Miguel Gonçalves Mendes fez sobre o escritor português José Saramago, Nobel da Literatura em 1998, acompanhando o processo criativo do romance “Viagem do elefante”, e revelando a faceta mais privada do autor, a relação com a mulher, Pilar del Río, com os leitores e com o mundo.

O festival de cinema de Palm Springs (Califórnia) decorrerá de 05 a 16 de Janeiro.

“José e Pilar” está também na lista das 265 longas-metragens aceites para uma possível nomeação para o Óscar de “Melhor Filme” e é o candidato de Portugal a uma nomeação para o Óscar de “Melhor Filme Estrangeiro”.

O tema “Já não estar”, com letra de Manuela de Freitas e música de José Mário Branco, interpretado por Camané no documentário de Miguel Gonçalves Mendes foi pré-seleccionado para o Óscar de “Melhor Canção Original”.

A 84.ª edição dos Óscares decorrerá a 26 de Fevereiro em Los Angeles, Califórnia, mas os nomeados serão divulgados a 24 de Janeiro.

O documentário estreou-se em Novembro de 2010 em Portugal, onde somou mais de 20 mil espectadores, teve estreia comercial no Brasil e em Espanha, tem distribuição garantida nos Estados Unidos e Canadá e foi já distinguido com vários prémios.

Fonte: dn.pt

Pin It on Pinterest

Share This