“O Lagarto” recebe distinção da Cátedra Unesco de Leitura no RJ

“O Lagarto” recebe distinção da Cátedra Unesco de Leitura no RJ

O livro O Lagarto, que une as palavras de José Saramago ao traço do artista brasileiro J. Borges, foi distinguido com o “Selo Cátedra 10” da Cátedra Unesco de Leitura da PUC-RIO (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro).

De acordo com a instituição, a Seleção Cátedra 10 indica: “obras com valor literário, plástico e editorial, considerando temas e gêneros diversos, sem designação por categorias ou faixas etárias, mas atenta, sobretudo, à qualidade artística do diálogo texto/imagem, que torna o livro infantil e juvenil um artefato original indispensável para arte-educação.”

A escolha dos livros foi feita por um grupo de pesquisadores e especialistas da Cátedra Unesco de Leitura e do Instituto Interdisciplinar de Leitura da PUC-Rio.

Eliana Yunes, uma das responsáveis pela seleção das obras, escreveu sobre O Lagarto:

Histórias fantásticas não fazem parte apenas do universo da infância. Desde os mitos e lendas, elas estão nas narrativas que procuram apontar o inusitado, o inexplicável na vida dos homens. E a que apontam? Aos sentimentos e ideias que dormem no recôndito de cada um e das massas. Assim, o autor abre este texto curto, com a duvidosa hipótese de ter parentesco com o mundo mágico das fadas. E conta uma história surreal, acontecida como um episódio perturbador, no coração da capital, envolvendo um lagarto, a população, uma batalha e as metamorfoses. E as fadas…? A escolha do ilustrador, expoente de imagens para cordel, confirma o caráter ao mesmo tempo popular e sofisticado da reflexão, que envolve o sentipensamento humano e, em xilogravuras, aproxima o surpreendente imaginário das figuras em traços ordinários.

 Sobre a distinção:

Pin It on Pinterest

Share This