Mafalda junta-se ao protesto

Com a frase “Não sou uma mulher à sua disposição”, Mafalda uniu a sua voz às das mulheres que criaram um movimento contra Il Cavalieri.

Com origem em Itália, este protesto já ultrapassou fronteiras e reúne neste momento mais de cem mil assinaturas contra um conjunto de afirmações de carácter machista proferidas pelo ainda primeiro-ministro italiano.

Uma das frases teve como alvo uma política da oposição, Rosy Bindi, que Berlusconi caracterizou  como “mais bonita que inteligente”. Na resposta, Bindy afirmou “não ser uma mulher à disposição”, numa clara alusão aos escândalos sexuais em que Berlusconi está envolvido.

fjs

Pin It on Pinterest

Share This