Manuel Gusmão vence grande prémio de Ensaio da APE

fjsA Associação Portuguesa de Escritores (APE) atribuiu o grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho ao poeta e ensaísta Manuel Gusmão, anunciou aquela institutição.

O prémio de ensaio é atribuído esta ano pela segunda vez – na primeira edição foi distinguido Vítor Aguiar e Silva – e a obra escolhida é “Tatuagem Palimpsesto – da poesia em alguns poetas e poemas”, que Manuel Gusmão publicou na Assírio & Alvim.

A decisão, diz o comunicado da APE, foi tomada na segunda-feira por unanimidade do júri constituído por Clara Rocha, José Cândido Martins e José Carlos Seabra Pereira.

O prémio tem o montante de 7.500 euros e foi criado pela APE com o patrocínio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, para distinguir em cada ano um ensaio literário publicada em livro.

A entrega do prémio será a 29 de abril, pelas 16h30, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão.

Nascido em Évora em 1945, Manuel Gusmão é poeta, ensaísta e professor da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Foto: Nuno Ferreira Santos

Fonte: publico.pt

Pin It on Pinterest

Share This