Prémio Príncipe das Astúrias de Ciências Sociais para filósofa Martha Nussbaum

A filósofa norteamericana Martha Nussbaum, nascida em Nova Iorque em 1947, foi galardoada em Oviedo com o Prémio Príncipe de Astúrias de Ciências Sociais 2012. 

Com um trabalho dedicado à filosofia do Direito, à ética aplicada e ao estudo das emoções, Nussbaum ultrapassou os outros finalistas, o sociólogo catalão Manuel Castells e demógrafo italiano Massimo Livi-Bacci, entre 27 candidatos de 14 países.

 

Doutorada em Filosofia na Universidade de Harvard, a galardoada é colaboradora do Nobel da Economia Amartya Sen em temas relacionados com o desenvolvimento e a ética.

Deu aulas nas universidades de Harvard, Brown e Oxford. Entre 1986 e 1993, Martha Nussbaum foi investigadora do World Institute for Development Economics Research, em Helsínquia, da Universidade das Nações Unidas.

O prémio agora atribuído destina-se a a personalidades cujo trabalho criativo ou de investigação represente uma contribuição relevante em benefício da humanidade nos campos de história, direito, linguística, pedagogia, ciência politica, psicologia, ética, filosofia, geografia, economia, demografia e antropologia.

Tem um valor de 50 mil euros, além de uma escultura criada por Joan Miró.

Obra publicada de Martha Nussbaum: Aristotle’s De Motu Animalium (1978), The Fragility of Goodness: Luck and Ethics in Greek Tragedy and Philosophy (1986, updated edition 2000), Love’s Knowledge (1990), The Therapy of Desire (1994), Poetic Justice (1996),For Love of Country (1996), Cultivating Humanity: A Classical Defense of Reform in Liberal Education (1997), Sex and Social Justice (1998), Women and Human Development (2000), Upheavals of Thought: The Intelligence of Emotions (2001),Hiding From Humanity: Disgust, Shame, and the Law (2004), Frontiers of Justice: Disability, Nationality, Species Membership (2006), The Clash Within: Democracy, Religious Violence, and India’s Future (2007), Liberty of Conscience: In Defense of America’s Tradition of Religious Equality (2008), From Disgust to Humanity: Sexual Orientation and Constitutional Law (2010), Not For Profit: Why Democracy Needs the Humanities (2010) e Creating Capabilities: The Human Development Approach(2011). Tem em preparação Political Emotions: The Public Psychology of a Decent Society.

 


Pin It on Pinterest

Share This