29/05: ‘Sem casas não haveria ruas’ – Embruxalados, de Maria Morais

29/05: ‘Sem casas não haveria ruas’ – Embruxalados, de Maria Morais

No dia 29 de maio, pelas 18h30, a Fundação José Saramago recebe mais uma sessão do ciclo “Sem casas não haveria ruas”, iniciativa conjunta da Casa Fernando Pessoa, da Fundação José Saramago e da editora Boca.
Maria Morais apresentará “Embruxalados”, uma sessão de contos inspirados na cultura popular portuguesa, em episódios de tradição oral, superstições de família e algumas fantasias próprias. “Neles se fala de bruxas, mulheres condenadas, almas penadas, lobos enganados, cabras monteses e certos fenómenos normais, anormais e para-normais relacionados. No fundo, são todos sobre mulheres”, explica a artista portuguesa. A entrada é livre, sujeita à lotação da sala.

imagem_quarta_sessao

Biografia:

Maria Morais é lisboeta de nascimento e portuguesa de temperamento. Recolectora de memórias por instinto e restauradora de coisas e mundos por convicção, ainda não se sente uma contadora de histórias, estatuto que deseja que chegue com a idade, assumindo-se, para já, como Historietadora, que é uma espécie de pessoa que investiga, cria, encena, cenografa e interpreta historietas tendo como propósito a expressão individual, a fixação de memórias, a integração na comunidade e a partilha subjectiva e imponderável de coisas várias, mais ou menos poéticas.

Pin It on Pinterest

Share This