90 anos, 90 Palavras (81)

Jornalismo

 

“A agravar velhas taras linguísticas e quadragenárias dificuldades de comunicação, surgiu recentemente uma linguagem de tipo tecnocrata que tem artes de transformar os problemas do estômago, da dor física e moral, da reivindicação cívica, da vida e da morte pessoal ou colectiva em abstrações esterlizadasque podem ser manejadas sem incómodo e de mãos limpas.”

Parece escrito hoje, mas Saramago publicou-o nos anos 70 do século passado, numa crónica intitulada O tempo das histórias (n’ “A Bagagem do Viajante”).

Desde então, as regras do bom jornalismo não mudaram: sujar as mãos para revelar o que os poderosos querem esconder, escrever histórias minúsculas com letras maiúsculas, mergulhar na marmita da vida para contá-la a partir de dentro, empapados de realidade. E não esquecer que o mundo não é quadrado embora o poder insista em dizê-lo.

  

Lola Cintado

Jornalista

Madrid, Espanha

Pin It on Pinterest

Share This