“A mulher infiel” de Jules Roy

“A mulher infiel” de Jules Roy

A Estúdios Cor publicou, em 1959, o romance A mulher infiel de Jules Roy com a tradução de José Saramago. O título foi inserido na Colecção Latitude dirigida por Nataniel Costa e é descrito pelos responsáveis da edição portuguesa como sendo “uma obra em que Jules Roy elevou à sua maior força a paixão, o conhecimento dos homens e a intuição da aventura — e isto com uma concisão e uma intensidade que são a marca das obras clássicas”.

Jules Roy, nascido em 1907 em Rovigo (Argélia), foi galardoado com o Grande Prémio de Literatura da Academia Francesa em 1958, pelo conjunto da sua obra.

mulher_infiel

A capa é da autoria de Paulo Guilherme.

O exemplar existente na Biblioteca da Fundação José Saramago, em Lisboa, foi doado pela Fundação PT em junho de 2015.

Pin It on Pinterest

Share This