Ano Cortázar – Gardel, Piazzolla e Cortázar no Chiado

Ano Cortázar – Gardel, Piazzolla e Cortázar no Chiado

O compositor e pianista argentino Daniel Schvetz apresenta no sábado 26 de julho, no Teatro Trindade, “ O Tango e as suas vertentes: Gardel, Piazzolla e Cortázar no Chiado”, um espetáculo único inserido no Ano Cortázar (que assinala o centenário do nascimento do escritor) numa iniciativa da Casa da América Latina e da Fundação José Saramago, contando com o apoio da Embaixada da Argentina em Lisboa.

Neste Concerto, a essência do Tango é evocada na obra «Misatango» de Daniel Schevtz, interpretada pelo Coro de Câmara de Lisboa e por um sexteto instrumental com direção de Teresita Marques. Uma vénia a todo um universo intemporal onde se combinam o ritual cristão e as ambiências musicais de tangos e milongas, numa viagem melódica entre Buenos Aires e Montevideu.

Segue-se «O Tango Tradicional e o Novo Tango» com interpretações do Daniel Schvetz-SeptetoTango que percorrem o tango puro e duro de Gardel, Discépolo, Mores e Piazzola, incluindo uma versão especial de «Quebranoces» de Schvetz a partir do bailado de Tchaikovsky.

A terceira parte, dedicada a Julio Cortázar, integra um fragmento de Rayuela, a sua obra-prima, na voz de Mísia, e uma versão – preparada e composta especialmente para este Concerto – de «Instrucciones para llorar», do livro Historias de Cronopios y de Famas, interpretada pelo Coro de Câmara de Lisboa e Daniel Schvetz-Septeto Tango.

gardel_piazzolla_cortazar_no_chiado_convite

Pin It on Pinterest

Share This