“O Ano da Morte de Ricardo Reis” por Carlos Reis

“O Ano da Morte de Ricardo Reis” por Carlos Reis

Acaba de dar à estampa, com a chancela da Porto Editora, na sua coleção Educação Literária — Leituras Orientadas, O Ano da Morte de Ricardo Reis por Carlos Reis. Nos dois próximos anos letivos, é o romance de José Saramago de leitura obrigatória, sendo a partir daí opção do professor entre este e o Memorial do Convento.

Como diz Carlos Reis, este livro não procura […] substituir aquela leitura por resumos ou por descrições esquemáticas”, antes proporcionar uma aventura cultural e uma outra aprendizagem, certamente não menos proveitosa, que é a da descoberta, a da imaginação e a do diálogo com os outros.

O livro encontra-se dividido nos seguintes capítulos, ademais da Nota Prévia, Textos de consulta e Obras consultadas, “Contextualização histórico-literária”, “Representações do século XX”, “Deambulação geográfica e viagem literária”, “Representações do amor”, “Intertextualidade”, “Linguagem, estilo e estrutura”, e “Dicionário de personagens”.

Lembremos os versos de Camões: Eis aqui, quási cume da cabeça / De Europa toda, o Reino Lusitano, / Onde a terra se acaba e o mar começa / E onde Febo repousa no Oceano. Porque destas palavras vêm o começo e o fim de O Ano da Morte de Ricardo Reis, e frequentemente, nos romances, o início e o final são muito significativos, pelos caminhos de leitura que abrem e por aqueles que fecham. Diz, então, José Saramago nestes dois momentos: Aqui o mar acaba e a terra principia e Aqui, onde omar se acabou e a terra esperava.

Pin It on Pinterest

Share This