Nova data (6 de junho): Conversa sobre o futuro do jornalismo – com R.B.Brenner e António Câmara

Nova data (6 de junho): Conversa sobre o futuro do jornalismo – com R.B.Brenner e António Câmara

A conversa entre R.B. Brenner e António Câmara, que em princípio se realizaria amanhã, teve que ser adiada para a próxima segunda-feira, dia 6, mantendo-se o horário (18h30) e o local (auditório da Fundação José Saramago).

Más condições climatéricas levaram ao cancelamento de vários voos no aeroporto de Austin-Bergstrom, Texas, impossibilitando a vinda de R. B. Brenner na data prevista.

As nossas desculpas a todos.

Fica desde já o convite para esta nova data.

Sobre a sessão:

O auditório da Fundação José Saramago acolhe a segunda sessão do ciclo de debates que tem como objetivo discutir o futuro do jornalismo. O jornalista R. B. Brenner, ex-Washington Post e diretor da School of Journalism da Universidade do Texas (Austin), e António Câmara, cientista da informação e Prémio Pessoa 2006, são os convidados deste encontro e debaterão o seguinte tema: “Como será o jornalismo do futuro”.

O ciclo de conversas é uma parceria entre a iNova Media Lab, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, o Instituto Cervantes em Lisboa e a Fundação José Saramago, e pretende promover um diálogo aberto e construtivo em torno de soluções para os desafios futuros da prática jornalística e dos meios de comunicação. Já participaram da iniciativa, na sessão inicial, o jornalista espanhol Alfonso Armada e o escritor e gestor cultural António Mega Ferreira. A conversa entre ambos pode ser vista aqui.

O ciclo de debates, que conta com o apoio da rádio Antena 1 e da produtora de conteúdos Bagabaga, prolongar-se-á até 2017. A entrada para todas as conversas é livre, sujeita à lotação da sala.

 

Quem são:

R. B. Brenner é professor e diretor da Escola de Jornalismo da Universidade do Texas em Austin (The University of Texas at Austin), onde chegou em 2014, depois de quatro anos na Universidade de Stanford. Foi editor no Washington Post e um dos editores principais a coordenar a cobertura do tiroteio em Virgínia, que valeu ao jornal o Prémio Pulitzer em 2008. Como jornalista e editor desempenhou também cargos de liderança em processo de migração para o digital em várias redações. A sua carreira inclui cargos de jornalista e editor na Califórnia, Flórida e Carolina do Norte. Na Universidade do Texas, lidera uma equipa multidisciplinar que integra alunos de jornalismo, cinema e tecnologias, a trabalhar em projetos de Realidade Virtual, em parceria com o Washington Post.

António da Nóbrega de Souza da Câmara é cientista da informação, doutor em Engenharia Civil pelo Virginia Polytechnic Institute and State University. Foi um dos criadores da YDreams, empresa portuguesa que desenvolve espaços e experiências interativas através da combinação de tecnologia, arte e design. Professor da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, António Câmara recebeu em 2006 o Prémio Pessoa pelo seu trabalho na área de ciência da informação.

Pin It on Pinterest

Share This