DEPOIMENTOS E NOTÍCIAS

DEPOIMENTOS E NOTÍCIAS

A

ARIAS, JUAN, «O amor impossível», El País, 9 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de
Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 128-29.

B

BAPTISTA-BASTOS, «Retratos com palavras. Um homem vem a subir a rua», Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 9-11. Também in Tempo Livre, Novembro de 1998.

BENEDETTI, MARIO, «A coragem de José Saramago» (Uruguai), Brecha, 16 de Outubro de 1998. Repr. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro/Dezembro de 1998, pp. 83-85.

BENITE, JOAQUIM, «Memorial de A Noite», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 731, 14 de Outubro de 1998, p. 12.

C

CARVALHO, ANTÓNIO, «As rosas fizeram a vez dos cravos», Diário de Notícias, n.o47 316, 9 de Outubro de 1998, p. 5.

CARVALHO, MÁRIO DE, «Um homem tranquilo», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o732, 21 de Outubro de 1998, p. 12.

CONTE, RAFAEL, «Um grande escritor comprometido», Madrid, ABC, 8 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 19-21.

CORTY, BRUNO, «Um Nobel indiscutível. José Saramago, uma obra barroca e subtil», Le Figaro, 9 de Outubro de 1998. Repr. in Camões, revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 41-42.

COSTA, HORÁCIO «José Saramago é o suco da Barbatana da língua portuguesa», Folha de São Paulo, 10 de Outubro de 1998. Repr. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro/Dezembro de 1998, pp. 87-89.

COSTA E SILVA, ALBERTO «“Dói-me o mundo”», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o737, 30 de 27 Dezembro de 1998.

COUTO, MIA, «A desbagagem do viajante», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 731, 14 de Outubro de 1998, p. 12.

D

DACOSTA, FERNANDO, «Um “Evangelho” de referência», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 520, 23 de Junho de 1992, p. 9.

DELGADO, PAULO, «O português na Suécia», Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de1998, pp. 92-93.

E

EDITORIAL, «Uma escolha nobre», Copenhaga, Berlingske Tidende, 9 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro/Dezembro de 1998, p. 54.

ESPMARK, KJELL, «Justificativo do nobel», texto proferido no momento da entrega do galardão. Rep. in Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 736, 16 de Dezembro de 1998, pp. 15-16.

F

FERNANDES, VANDA MARIA GOUVEIA, «O discurso religioso em O Evangelho segundo Jesus Cristo», Islenha, n.o. 45, Julho/Dezembro de 2009, pp, 57 – 88.

FILIPE, LUÍS, «O último a saber», Visão, Ed. especial Nobel 98, n.o 290a, 9 de Outubro de 1998, pp. 8-11.

FO, DARIO, «José Saramago, o meu “herdeiro”», Corriere della Sera, 9 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, p. 35.

FRANÇA, JOSÉ-AUGUSTO, «Meu caro Saramago», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 517, 2 de Junho de 1992, p. 10.

FRANZÉN, LARS-OLOF, «Uma escolha segura depois de alguns prémios polémicos», Estocolmo, Dagens Nyheter, 9 de Outubro de 1998. Repr. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 14-16.

FUENTES, CARLOS, «Saramago em Jalisco», Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 94-95.

G

GONÇALVES, ADELTO. «Uma visão polifônica do primeiro Saramago». Portugal, Lisboa. Revista Vértice, II série, Janeiro/Março 2016, pp. 106-108. 2016

GOYTISOLO, JUAN. «José Saramago». Badajoz, Espacio/Espaço escrito, n.o 9 y 10, Inverno de 1993/94, pp. 8 1-82.

GRILO, JOÃO MÁRIO. «A obra explica o autor». Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 731, 14 de Outubro de 1998, p. 21.

— «Sah-rah-mah-go». Visão, n.o 291, 15 de Outubro de 1998, p. 114.

GUSTAFSSON, MADELEINE. «A inspiração decorre da voz interior». Estocolmo, Dagens Nyheter, 9 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 16-17.

K

KARACS IMRE, «Grande favorito ganha Prémio Nobel da Literatura», Londres, The Independent, 9 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 62-63.

L

LEME, CARLOS CAMÂRA, «Os diálogos de Lanzarote», Público, n.o 2519, 3 de Fevereiro de 1997, pp. 22-23.

LIMA, ISABEL PIRES DE LIMA. «Saramago pós-moderno ou talvez não». Actas do Quinto Congresso da Associação Internacional de Lusitanistas. Oxford-Coimbra. 1998.

LOPES, ÓSCAR, «Luz e cegueira», Público, ed. Lisboa, n.o 3130, 9 de Outubro de 1998, p. 6.

LOURENÇO, EDUARDO, «A mão esquerda de Deus…», Público, ed. Lisboa, n.o 3130, 9 de Outubro de 1998, p. 6.

— «A noite dos Reis», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 736, 16 de Dezembro de 1998, pp. 17-18.

M

MARCELO, J. J. ARMAS, «Saramago ou a profecia de Todos os Nomes», ABC, 9 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 21-22.

MARTINS, ADRIANA ALVES DE PAULA, «Memorial do Convento: palimpsesto de uma história não oficial»,Vila Real, Boletim Cultural da Escola Secundária Camilo Castelo Branco, n.o 2, Agosto de 1991.

MATA, INOCÊNCIA, «Um Nobel plural», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 736, 16 de Dezembro de 1998, p. 24.

MELO, ANTÓNIO, «Álvaro Cunhal sobre o seu camarada José Saramago: “Muito original e não me parece fácil de imitar”», Público, ed. Lisboa, n.o 3130, 9 de Outubro de 1998, p. 7.

MENDES, JOSÉ MANUEL, «Uma rosa à beira-neve», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 736, 16 de Dezembro de 1998, p. 18.

MONTERO, GARCIA LUÍS, «Contra a corrente», El Mundo, 9 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro Dezembro de 1998, pp. 32-33.

MORENO, RICARDO e MORA, ROSA, «Saramago logra el primer Nobel en portugués», El País, n.o 7817, 9 de Outubro de 1998, p. 42.

MOSS, STEPHAN, «Parábolas das políticas do poder em Portugal ganham Prémio Nobel», Londres, The Guardian, 9 de Outubro de 1998. Rep. de parte do artigo in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 69-70.

P

PACHECO, FERNANDO ASSIS, «A ilha de Saramago», Visão, n.o 1, 25 de Março, 1993, pp. 80-83. Repub. no n.o 290a, 9 de Outubro de 1998, pp. 28-30.

PASTOR, ALEXANDRE, «Um prémio a contento de todos», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 731, 14 de Outubro de 1998, p. 6.

PEPETELA, «Dar cara à luta», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 731, 14 de Outubro de 1998, p. 12.

PROENÇA, HÉLIO, «O prémio Nobel», Artes & Artes, n.o 15, Novembro de 1998, p. 7.

Q

QUEIRÓS, MIGUEL LUÍS, «A Jangada de Pedra é um romance falhado», Público, supl. Cultura, 13 de Abril de 1992, p. 35.

R

RAMIREZ, SÉRGIO, «D. José», Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 96-97.

REIS, CARLOS, «Palavras para uma homenagem nacional», Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 101-104.

— «Saramago: o efeito Nobel», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 736, 16 de Dezembro de 1998. pp. 22-23.

ROBERTS, MARTIN, «O Mexicano Fuentes louva Prémio Nobel de Saramago» (Tailândia), Bangkok Post, 10 de Outubro de 1998. Repr. iN Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, p. 76.

S

S/N, «Homenagens de todo o mundo», Dagens Nyheter, 9 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 13-14.

S/N, «A José Saramago, primeiro Nobel de literatura atribuído a Portugal» (Grécia), I Kathimerini, 11 de Outubro de 1998. Repr. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, p. 58.

S/N, «O português premiado», O Estado de São Paulo, 10 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro Dezembro de 1998, pp. 89-90.

S/N, «Como é na realidade a Lushan Mountain» (China), Beijing Evening News, 17 de Outubro de 1998. Rep. de parte do artigo in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro/Dezembro de 1998, p. 78.

S/N, «Saramago no “index” da SEC», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 513, 5 de Maio de 1992, p. 3.

S/N, «Saramago aceita prémio mas dinheiro vai para os PALOP», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 520, 23 de Junho de 1992, p. 8.

S/N, «José Saramago, Nobel laureate: a tribute to José Saramago, 1998 Nobel Literature Laureate», The American Association of Teachers of Spanish, Hispánia, vol. 82, n.o 1, Março de 1999.

SALMAURY, MOAMED, «Saramago e a comunidade dos cegos» (Egipto), Al-Ahram Hebdo, 28 de Outubro de 1998. Rep. de parte do artigo in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 71-73.

SEIXO, MARIA ALZIRA, «O essencial e o circunstancial. Uma harmonia», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 731, ed. extra Prémio Nobel, 14 de Outubro de 1998, pp. 14-15.

T

TELES, VIRIATO, «Saramago: autor do século XVIII», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 41 412 de Junho de 1990, p. 30.

TELLES, LÍGIA FAGUNDES, «Há muito que Deus se agrada das tuas obras», Jornal de Letras, Artes e Ideias, 14 de Outubro de 1998, p. 12.

TORRES, ALEXANDRE PINHEIRO, «A sorte grande», Público, ed. Lisboa, n.o3130, 9 de Outubro de 1998, p. 6.

V

VASCONCELOS, JOSÉ CARLOS DE, «No reino de Nobel», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 736, 16 de Dezembro de 1998, pp. 8-9.

— «José Saramago, Prémio Nobel», Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 731, 14 de Outubro de 1998, p. 2.

VICENT, MANUEL, «Saramago», El País, 11 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 31-32.

VIEIRA, ALICE, «Crónica de um Nobel (não) anunciado », Jornal de Letras, Artes e Ideias, n.o 731, 14 de Outubro de 1998, p. 5.

VILA-MATAS, ENRIQUE, «O ritmo Antigo», El País, 9 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, p. 30.

Z

ZOON, CEES, «O mundo é infinitamente cruel e sem engagement», Amsterdam, De Volkskrant, 9 de Outubro de 1998. Rep. in Camões, Revista de Letras e Culturas Lusófonas, n.o 3, Outubro-Dezembro de 1998, pp. 50-52.

Pin It on Pinterest

Share This