Desempregados não pagam entrada na Casa dos Bicos

Quem está desempregado pode entrar gratuitamente na sede da Fundação Jose Saramago, na Casa dos Bicos. Esta é uma decisão tomada pela Fundação com o obetivo de proporcionar a quem não tem rendimentos a possibilidade de conhecer por dentro o edifício histórico da Casa dos Bicos e visitar a exposição “José Saramago. A semente e os frutos”, bem como a biblioteca do escritor.
Inaugurada a 13 de junho, a sede da fundação teve acesso gratuito até ao fim desse mês, período em que recebeu cerca de dez mil visitantes. Tal como estava anunciado, as entradas passaram a ser pagas em julho, com um preço base de três euros, e dois euros para os estudantes. Até aos 12 anos e a partir dos 65, os visitantes não pagam bilhete. As visitas de grupo, com marcação prévia, custam 15 euros (até um máximo de 20 pessoas).
Manter as portas da Fundação abertas num edifício histórico representa uma responsabilidade que a Fundação entende que deve ser partilhada pelos leitores de José Saramago e os amantes do património histórico. Assim mantemos a qualidade e a independência do edifício e do espólio que alberga.

Pin It on Pinterest

Share This