Encontro com Cortázar – Dia 22, às 18h30, no Anfiteatro da BNP

Encontro com Cortázar – Dia 22, às 18h30, no Anfiteatro da BNP

No dia 22 de setembro a Fundação José Saramago (FJS), a Casa da América Latina (CAL), a Embaixada da Argentina em Portugal e a Biblioteca Nacional de Portugal juntam esforços para uma homenagem ao escritor argentino Julio Cortázar, cujo centenário se celebra este ano.

Para uma conversa sobre o legado do autor de Rayuela estarão presentes em Lisboa alguns dos maiores conhecedores da sua obra. A mesa será composta pela mexicana Dulce Maria Zúñiga, diretora da Cátedra Julio Cortázar da Universidade de Guadalajara, México, o catalão Carles Álvarez Garriga, co-editor da obra de Cortázar e responsável pela publicação de cartas e textos inéditos do escritor, e o professor, tradutor e poeta português Nuno Júdice, Prémio Rainha Sofia. A condução da sessão ficará a cargo do jornalista e editor Carlos Vaz Marques.

O evento, que terá lugar no Anfiteatro da BNP e tem início às 18h30, abrirá com a leitura de fragmentos de Rayuela. O ator José Rui Martins, acompanhado por Luísa Vieira (Trigo Limpo Teatro ACERT), lerá trechos do romance de Julio Cortázar.

convite

Com este “Encontro com Cortázar”, a FJS e a CAL marcam mais uma passagem do Ano Cortázar, que teve início em fevereiro, no Jardim de Inverno do Teatro São Luiz, com o espetáculo O Perseguidor, uma leitura encenada da obra homónima de Cortázar levada a cabo por José Rui Martins e pelo quarteto de jazz de Carlos Martins; em julho, no Teatro da Trindade, o músico argentino Daniel Schvetz apresentou Gardel, Piazzolla e Cortázar no Chiado, com a presença da fadista Mísia; em agosto, mês de nascimento do argentino, a revista Blimunda, da Fundação José Saramago, foi dedicada a Cortázar.

A entrada na sessão é gratuita, sujeita à lotação da sala.

 

Pin It on Pinterest

Share This