Festival Silêncio também na Casa dos Bicos

A Fundação José Saramago associa-se ao Festival Silêncio, cuja 4.ª edição decorre em Lisboa de 26 de junho a 1 de julho. 
Apesar da falta de apoios financeiros, o Festival conta com várias estreias, entre elas o espectáculo dos Irmãos Demónio com Kalaf, Quim Albergaria e Hélio Morais (Paus) e Filho da Mãe, A Invenção do Dia Claro de António Jorge Gonçalves, Beat Hotel de André Gago e a Beat Hotel Band, Neurotycon dos Pop dell´arte, o Bate Papo dos Mão Morta que irão homenagear o Al Berto num espectáculo concebido especialmente para o festival, e por último, a revisitação de Os Poetas – Entre Nós e as Palavras de Rodrigo Leão e Gabriel Gomes.

Na área do cinema, para além dos documentários sobre Julia Kristeva, Marguerite Duras, Herberto Helder, Maria Velho da Costa, Assis Pacheco, teremos a estreia nacional do filme Word Of Advice: William S. Burroughs On the Road.
Nas Conversas do Silêncio participam, entre outros, Nuno Artur Silva, Kalaf, Mário Zambujal, João Botelho, Helena Vasconcelos, Rui Zink, Teresa Villaverde, Margarida Gil, Manuel San Payo, que irão debater temas como o Poder da Palavra, Livros de Artista, Crónicas do Cais do Sodré, Poesia e Lingerie ou Palavras com Cinema Dentro.
O Palco das Palavras na esplanada do Povo irá receber, entre muitos outros, Maria do Rosário Pedreira, João Luís Barreto Guimarães, B. Fachada, Aldina Duarte, Miguel-Manso, Margarida Vale de Gato para conversas informais sempre com a palavra em pano de fundo.
Em parceria com a Fundação Saramago, e a propósito da inauguração da sua sede na Casa dos Bicos, iremos homenagear José Saramago através da mesa redonda “É tão fundo o silêncio” com Nuno Júdice, Anabela Mota Ribeiro e Miguel Gonçalves Mendes, de “Ler Saramago”, uma leitura de poemas aberta ao público e do documentário José e Pilar com apresentação do realizador e da Pilar del Río.

Programa disponível em Festival Silêncio.

 

Pin It on Pinterest

Share This