As figuras de “Memorial do Convento” em tese de Mestrado de Júlia Figueiredo

As figuras de “Memorial do Convento” em tese de Mestrado de Júlia Figueiredo

A investigadora Júlia Cristina Carapinha dos Santos Figueiredo apresentou no passado mês de outubro a sua dissertação de Mestrado, intitulada “A figuração das personagens de Memorial do Convento: hipótese de leitura”, com a orientação do Professor Doutor Carlos Reis, também curador da Fundação José Saramago.

Untitled-2
Júlia Figueiredo foca o seu objecto de estudo nas personagens principais de Memorial do Convento, D. João V, Padre Bartolomeu, Baltasar e Blimunda, numa “procissão ficcional”, acompanhando, como refere na Introdução, «essas manifestações da transcendência da personagem que garantem uma dimensão de sobrevida para as figuras ficcionais, como descreve Carlos Reis.» (O termo sobrevida foi cunhado pelo crítico e o seu conceito desenvolvido no âmbito do estudo da figuração da personagem ficcional em contextos transliterários.
No último capítulo, com o título Memorial intermediático, a investigadora apresenta a obra pictórica de José Santa-Bárbara, inspirada neste romance de Saramago:
«No atual contexto de exploração da exploração da transmedialidade narrativa, a obra de Saramago, com a sua permanente reclamação da presença operante do leitor, vê-se interpelada ao diálogo com outras artes, através de recriações, remediações e adaptações a outras linguagens estéticas como o teatro, a música e, como salientamos, a pintura.»
Afinal, «A sobrevida das figuras saramaguianas é a consumação daquilo que o próprio Saramago desejava: a conservação da sua memória (delas e certamente de si) — “ao menos deixamos os nomes escritos, é essa a nossa obrigação, só para isso, escrevemos, torná-los imortais”; “Se estamos falando dele, nasce…” (Saramago, 2011)»
A tese foi defendida em Outubro de 2014, no Departamento de Línguas, Literatura e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, inserida no Mestrado em Literatura de Língua Portuguesa: Investigação e Ensino, e teve como presidente do Júri Doutor Albano Figueiredo e vogais Doutora Ana Paula Arnaut e Doutor Carlos Reis. A tese encontra-se para consulta nas instalações da Fundação José Saramago, em Lisboa.
Para mais informações sobre mais teses sobre a obra de José Saramago, consulte aqui.

Pin It on Pinterest

Share This