“José Saramago: Tudo, Provavelmente, são Ficções; mas a Literatura é Vida” de Eula Pinheiro publicado no Brasil com a chancela da Musa

Por ocasião dos 90 anos de José Saramago, dá à estampa o livro “José Saramago: Tudo, Provavelmente, são Ficções; mas a Literatura é Vida” de Eula Pinheiro que analisa a primeira fase da obra de Saramago, desde o Manual de Pintura e Caligrafia até à História do Cerco de Lisboa, naquela que o próprio Saramago denominou a fase da “estátua”.

Em 1993, Eula Pinheiro conclui a sua dissertação de Mestrado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil, com a orientação da Professora Teresa Cristina Cerdeira da Silva. A este trabalho e após a sua estadia em Lisboa, Eula Pinheiro preparou mais algum material que viria a ser incluído no livro agora editado pela Musa Editora, como o prefácio de Pilar del Río, o posfácio de Domingos Lobo e um caderno de fotos.

Ilustração de Júlio César, O Dia Seguinte (2010)

Pin It on Pinterest

Share This