Manuel Medeiros, livreiro da Culsete, morreu hoje em Setúbal

O livreiro Manuel Medeiros, que usava como poeta o nome literário Resendes Ventura, morreu hoje em Setúbal aos 77 anos.

Nascido nos Açores, Manuel Medeiros criou há 40 anos a livraria Culsete de Setúbal, e fundou recentemente o movimento Encontro Livreiro, com o qual a Fundação José Saramago organiza, a 30 de novembro, o Dia das Livrarias e do Livreiro.

No número de setembro da revista Blimunda, publicava-se uma entrevista de Sara Figueiredo Costa realizada em 2011. Aqui se recupera esse trabalho, enviando-se um abraço a toda a família e amigos de Manuel Medeiros.

O corpo de Manuel Medeiros estará em câmara ardente a partir das 16h00 de hoje na igreja do Convento de Jesus, de onde o funeral sairá amanhã pelas 10h00.

Pin It on Pinterest

Share This