Morreu Manuel Vicente, um dos arquitetos da recuperação da Casa dos Bicos

O arquiteto Manuel Machado Vicente morreu esta manhã em Lisboa, vítima de uma doença que fora diagnosticada na semana passada.

O corpo do arquiteto vai estar em câmara ardente na Capela do Rato, em Lisboa. No domingo é celebrada uma missa às 18h, estando marcada a cerimónia de cremação para segunda-feira no Cemitério do Alto de São João, às 10h.

Manuel M. Vicente, nascido em 1934 em Lisboa, foi o autor, com José Santa-Rita, do projeto de recuperação da Casa dos Bicos nos anos 1980 para a XVII ª Exposição Europeia de Arte, Ciência e Cultura.

O edifício foi novamente alvo de obras, acompanhadas por Manuel Vicente mas agora com João Santa-Rita, para uma profunda recuperação e adaptação à instalação da Fundação José Saramago.

Manuel Vicente estudou arquitetuta na Escola de Belas Artes de Lisboa, tendo concluído o curso em 1962. Trabalhou largos anos em Macau, onde assinou numerosas obras. Era um dos arquitetos portugueses mais prestigiados a nível mundial.

A Fundação José Saramago junta-se à família e aos amigos de Manuel Vicente neste momento de dor. Manuel Vicente colaborou com entusiasmo com José Saramago e partilharam cumplicidades. Deve-se a Manuel Vicente que as cinzas do autor estejam em frente à Casa dos Bicos, numa oliveira transplantada de Azinhaga. No dia do funeral de José Saramago, Manuel Vicente, profundamente triste, manifestou a sua pena por Saramago não ter podido ocupar o escritório que lhe estava destinado na Casa dos Bicos. Da tristeza de Manuel Vicente nasceu a solução finalmente adoptada pelo presidente da Câmara António Costa e pela família do escritor.

Pin It on Pinterest

Share This