O exemplo de Lisboa e da Fundação José Saramago em destaque no Herald Scotland

Se Portugal honra Saramago, não devíamos fazer o mesmo aos nossos heróis literários?

Com esta pergunta, Rosemary Goring, editora literária e colunista do Herald Scotland intitula o seu artigo dedicado a Lisboa e à visita que realizou à Casa dos Bicos, sede da Fundação José Saramago. Traçando um percurso pela Casa e pela vida de José Saramago, a jornalista afirma que mesmo para uma turista que não fala uma palavra de português e que apenas leu um livro do Escritor, ficou comovida com a informação prestada pela Fundação sobre a sua vida e obra, referindo por fim a oliveira plantada junto à Casa, que acolhe as cinzas de José Saramago.

Por fim, questiona-se sobre o porquê de num país como a Escócia, “que não sofreu a recente devastação económica do Portugal recente […] ainda se esperar por tributos dignos de grande autores como Robert Louis Stevenson ou Hugh MacDiarmid entre outros que, como Saramago, moldaram a nossa imaginação e até, em alguns casos, as nossas vidas”.

O texto completo pode ser lido aqui.

Pin It on Pinterest

Share This