“O Fascismo dos Bons Homens”, adaptação de um romance de Valter Hugo Mãe, chega a Lisboa

 (O Fascismo dos Bons Homens, a partir de Máquina de Fazer Espanhóis, de Valter Hugo Mãe)

Depois do sucesso da adaptação do conto de José Saramago A Viagem do Elefante, que percorreu parte do país no ano passado e fez sua apresentação final na capital, o Trigo Limpo teatro ACERT regressa à Lisboa para encenar “O Fascismo dos Bons Homens”, a partir do romance A Máquina de Fazer Espanhóis, do escritor Valter Hugo Mãe – prémio José Saramago de 2007.

Entre os dias 5 e 8 de março a obra será apresentada no Teatro Cinearte – A Barraca, em Lisboa. O espetáculo teve estreia em Tondela, cidade onde está sediada a companhia, no dia 18 de janeiro.

Na quarta-feira, dia 5, às 18h30, Hugo Mãe e os actores da companhia estarão na Fundação José Saramago para uma conversa sobre a adaptação do romance. A entrada é livre, sujeita à lotação da sala.

Veja o vídeo promocional do espetáculo:

 

Após a primeira exibição do espetáculo, Hugo Mãe escreveu no Jornal de Letras um texto de agradecimento ao grupo teatral pelo trabalho feito. Ficarei para sempre com uma versão enriquecida do meu próprio livro. Passou a ter uma dimensão bem mais tangível. Como se tivesse passado a ser realidade.Uma realidade bastante, sem dúvida alguma”.

 

Pin It on Pinterest

Share This