Obra de Saramago inspira curso transfronteiriço

As obras do único prémio Nobel da Literatura português vão juntar Portugal e Espanha num curso denominado “Aula José Saramago”, que vai decorrer entre outubro e maio em Vila Real de Santo António e Huelva (Espanha).

O curso vai ser inaugurado a 08 de outubro na Biblioteca Municipal Vicente Campinas, em Vila Real de Santo António, pela mulher do escritor e presidenta da Fundação José Saramago, Pilar del Río.

Do lado espanhol, as sessões terão lugar na biblioteca provincial de Huelva, num “exemplo feliz de cooperação cultural transfronteiriça”, referiu à Lusa o vice-presidente da câmara algarvia, José Carlos Barros.

Com as inscrições já fechadas, o curso vai ser ministrado e dinamizado pelo espanhol Diego Gonzalez, um apaixonado pela escrita de José Saramago com trabalhos realizados sobre a sua obra, que disse à Lusa pretender “dar a conhecer com mais profundidade o trabalho do escritor”.

“Como muitas outras pessoas, sou um amante da obra de Saramago e tinha vontade de partilhar a admiração que tenho pela obra do autor. Tinha um trabalho feito e não queria tê-lo guardado na gaveta e achei que devia partilhá-lo com o público”, afirmou o dinamizador do curso, que em cada sessão mensal abordará um livro do escritor.

Da lista de livros em debate fazem parte as obras “Deste mundo e do outro”, “Levantado do chão”, “Viagem a Portugal”, “O ano da morte de Ricardo Reis”, “O evangelho segundo Jesus Cristo”, “Caderno de Lanzarote”, “Ensaio sobre a cegueira”, “Ensaio sobre a lucidez” e “O caderno 2”.

Diego Gonzalez disse que teve a ideia de realizar o curso e apresentou-a a Pilar del Río, que concordou. O dinamizador propôs depois a realização da ação às duas bibliotecas, que também aceitaram o repto de colaborar numa iniciativa dos dois lados da fronteira.

“O objetivo é conhecer e estudar mais em profundidade o que é a obra de Saramago. E é uma justa homenagem que também se presta ao autor. O apoio da fundação era fundamental, porque uma das suas principais missões é divulgar a obra do autor e tê-la a apoiar a iniciativa é importante”, frisou.

Diego Gonzalez disse ter sido “uma agradável surpresa” as inscrições terem esgotado antes do prazo, o que demonstra que “o autor tem muitos seguidores e há muito interesse em conhecer a sua obra”.

O vice-presidente da Câmara de Vila Real de Santo António afirmou que esta iniciativa “é feliz porque permite a cooperação com Espanha e um intercâmbio cultural importante”.

“E vai permitir a reflexão sobre a obra e os valores presentes na literatura de José Saramago”, acrescentou José Carlos Barros.

O vereador espera ainda que o curso “proporcione um maior conhecimento da obra” do autor e os seus frequentadores possam “utilizá-lo como um recurso didático e um contributo para uma cidadania mais responsável”, transformando-se também “em divulgadores do trabalho do escritor”.

Fonte: Diário de Notícias

*

Pilar del Río inaugura curso sobre a obra de José Saramago em VRSA
Câmara Municipal de Vila Real de Santo António

Pin It on Pinterest

Share This