Um adeus a Helena Cidade Moura

Helena Cidade Moura morreu na sexta-feira em Lisboa, aos 88 anos, depois de uma vida dedicada à luta pela democracia e contra o analfabetismo.
Helena Cidade Moura foi responsável pela maior campanha de alfabetização organizada no pós-25 de Abril. Acompanhou mais de 400 cursos de alfabetização e foi deputada à Assembleia da República na I, II e III legislaturas.
Foi dirigente do Movimento Democrático Português – Comissão Democrática Eleitoral (MDP/CDE), uma das mais importantes organizações políticas da oposição democrática ao regime do Estado Novo e que depois do 25 de Abril se constituiu como partido político. Publicou várias obras, entre as quais o “Manual de Alfabetização”, em 1979.
Helena Cidade Moura empenhou-se ativamente no grupo dos chamados “católicos progressistas” e foi presidente do Centro Nacional de Cultura em 1961.
Era filha de Hernâni Cidade, cunhada de Francisco Pereira de Moura e amiga próxima de um conjunto de colegas notáveis do curso de Românicas da Faculdade de Letras de Lisboa: entre outros, Sebastião da Gama, Luís Lindley Cintra, Maria de Lourdes Belchior e David Mourão-Ferreira.

Pin It on Pinterest

Share This